Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Assistência Social no Exército Brasileiro
Início do conteúdo da página

Assistência Social no Exército Brasileiro

A origem da Assistência Social no Exército se confunde com a própria história da prática assistencialista no Brasil. Em 1947, para atender as famílias dos pracinhas combatentes da 2ª Guerra Mundial, foi criada a primeira organização pública com representação em todo território nacional, a Legião Brasileira de Assistência.
No âmbito institucional, o assunto é regulado pela Port nº 560, de 24 Mai 16, que aprova as Instruções Gerais para o Funcionamento do Serviço de Assistência Social do Exército (IG 10 – 19) e pela Port nº 884, de 04 Nov 08, que aprova as Normas para Assistência Social no Exército, alinhada com a Port nº 1.173/MD, de 06 Set 06, que aprova a Política de Assistência Social nas Forças Armadas.
A Diretoria de Civis, Inativos, Pensionistas e Assistência Social – DCIPAS – é o órgão de direção setorial da atividade no Exército, no qual funciona a Subdiretoria de Assistência Social. A SSAS/6 representa o núcleo regional de apoio socioassistencial na área da 6ª RM, estando vinculada ao Comando da 6ª RM e sob a orientação técnica da DCIPAS.

Na área da assistência social, a SSAS/6 realiza ações de orientações e apoio técnico para a prevenção, resolução ou redução de situações sociais que possam trazer prejuízos para a qualidade de vida dos integrantes da Família Militar.

Clique aqui e acesse a cartilha da SSAS/6 para obter todas as informações dessa Seção.

Clique aqui e acesse o folheto da SSAS/6 para obter informações sucintas dessa Seção.

registrado em:
Fim do conteúdo da página